Como se prevenir contra maus profissionais em seu casamento




“O cerimonial sumiu com o dinheiro”. “O cerimonial acabou com o meu sonho”. " O cara do buffet me deixou na mão e não me avisou nada!"

Infelizmente escutamos frases como essas de partir o coração.

Nenhuma noiva e nem ninguém merece ter o sonho transformado em pesadelo, por isso o post de hoje é como se prevenir contra maus profissionais no ramo de festas.

Você tem pavor só de pensar que alguém pode fazer o seu sonho virar uma catástrofe né?!
Eu também!

Você prepara tudo certinho, fica inúmeras horas pesquisando, preparando os detalhes do grande dia, trabalha duro para pagar cada centavo do casamento (que não é barato), e o que mais quer é que seu grande dia seja maravilhoso como você planejou.
Isso é o que você merece…. ter um casamento lindo como sempre sonhou.

Mas infelizmente não é isso que acontece com algumas noivas.

Conheço histórias de algumas que já tiveram o “grande dia” transformado em uma “grande tragédia” devido à profissionais que não cumprem o combinado e fazem serviço diverso, atrasam a entrega ou a chegada ou pior, que simplesmente não aparecem no dia do combinado. É muita frustração, tristeza e stress para uma noiva. Nenhuma merece passar por isso!!!
Algumas das coisas que já vi acontecer com minhas noivas e já ouvi outras histórias vindas de cerimonialistas amigas minhas:

  • decoradora não entregou exatamente o combinado em contrato
  • fotógrafo sumiu antes de a hora combinada
  • fotógrafo contratado não foi, mandou outro
  • qualidade do vídeo entregue, horrível, diferente do contratado
  • buffet deixou a noiva na mão na semana do casamento (esse foi fresquinho dia 16/04/18)
  • noiva que não teve o véu entregue (oi?)
  • buffet cujo Chef não apareceu para cozinhar (sendo a aparição dele o motivo do contrato)
  • buffet que serviu comida pior do que o experimentado
  • músico que tocou péssimamente no dia
  • vestido da noiva entregue sujo



Para você não sofrer e se estressar nas mãos de fornecedores incorretos e saber como contratar profissionais corretos e honestos, siga as seguintes dicas abaixo:

1- Procure por cerimonialistas bem recomendadas (é fácil saber quem é o bom profissional, nos sites de casamento você vê facilmente as declarações das noivas passadas).

2- Contrate uma BOA cerimonialista. BOA cerimonialista é aquela (pasmem!) que tem seu local de trabalho arrumado  - sim, pois antes de tudo a aparência, para atender os clientes - já fui em um local horroroso, que não me inspirou confiança alguma - ainda, uma boa aparência, jeito correto de falar (e não usar de gerundismo "pelamordeDeus"); BOA é a profissional que vai te atender com a hora marcada, vai saber explicar todo o passo a passo no seu casamento. Não tem nada de "na hora a gente ajeita". Sabe porque? A BOA profissional cerimonialista fez trocentos cursos! Sim, isso conta muito na sua prática. Já vi muita cerimonialista ziguezagueando pra lá e pra cá, perdidas na festa, literalmente. Ao passo que já vi também, algumas de olho na situação, se comunicando com a equipe só no olhar ou com rádio. Impecáveis.

2- Após contratar a cerimonialista, pergunte a ela por bons profissionais que ela conheça. Ela saberá recomendar profissionais com quem gosta de trabalhar e que já conhece o trabalho. Ela é a referência número 1 sobre o trabalho deles.

3- Procure referências e pesquise como é o trabalho dos profissionais. Mais uma vez, alguns tem sites extras, onde fazem anúncios, e lá é possível ler as opiniões das noivas. Também é possível perguntar à cerimonialista nome de casais que contrataram esses profissionais, para você mesma bater um papinho com eles.

4- Exija CNPJ da empresa ou RG do profissional para ver como está a imagem dele no mercado, pesquise se a empresa é registrada e sem processos.

5- Verifique se há reclamações graves nos órgãos de defesa do consumidor como Procon e Site Reclame Aqui.

6- Verifique o preço com pelo menos 3 profissionais diferentes por setor, para não sofrer com preços abusivos. Um profissional que pede muito mas entrega pouco, é uma coisa que chama atenção. A não ser que seja um artista, aí sim, já cobra alto porque carrega o Status de fama não é?Rsrsrs. Mas o contrário também é de se chamar atenção: o profissional que entrega pouco e cobra pouco? O que estará a noiva procurando num caso desse??

7- Conheça o produto final antes de contratar o serviço (faça degustações do buffet, veja o álbum de casamento que o fotógrafo de seu interesse fez, solicite amostras físicas dos convites, visite eventos realizados pelos decoradores, assista ao show ou vídeo da banda que deseja contratar).

8- Pergunte se tem equipe reserva em caso de necessidade. Fotógrafo reserva, equipamento reserva, tudo reserva. Pois acidentes acontecem, e não podemos prever algo assim, por isso, empresas sérias, tem o plano B para esse tipo de acontecimento.

9- Sinta afinidade por quem você contrata: converse com o fornecedor sobre o que você realmente deseja para o seu casamento, garanta que aquilo que você disse foi entendido corretamente. Algumas vezes as falhas na comunicação podem atrapalhar que tudo saia do modo que deseja, pois você pode dizer uma coisa mas o profissional entender de modo diferente. Por isso sempre friso: noivas venham me visitar. Não custa nada e o objetivo é justamente isso, que vocês me conheçam, perguntem, verifiquem a qualidade e tudo o que posso oferecer. Não pensem que a indicação apenas basta. Precisam VER para CRER.

10- Repare se é o próprio fornecedor quem vai te atender, ou se é um assistente. Pergunte quem estará lá na hora realizando o serviço. É quem te atende, é o dono? Quem? Isso faz diferença na prestação do serviço?

Portanto, para ter certeza de que o profissional a compreendeu adequadamente peça para que ele se manifeste a respeito do que você disse, perguntando algo como:

“Gostaria de saber o que você entendeu sobre o que eu desejo para o meu casamento?
Você acha que isto é possível para você cumprir?”

Após ter feito tudo isso e ter todas as questões acertadas com o profissional que vai contratar, é hora de prestar atenção no contrato:


1- Faça um contrato com cada um dos fornecedores escolhidos especificando exatamente tudo o que vocês combinaram. O contrato deve ser o mais detalhado possível para assegurar que será feito exatamente aquilo que você deseja. (Normalmente o próprio fornecedor tem um contrato padrão, que pode e deve ser alterado com as especificidades do seu casamento).

2- Antes de assinar o contrato leia-o e se precisar releia-o para verificar se está tudo corretamente claro e escrito do modo que foi combinado. Verifique se está no contrato tudo o que o profissional ou empresa lhe prometeu.

3- Se tiver dúvidas ou perceber que tem algo errado no contrato não tenha vergonha em perguntar e pedir para que seja corrigido. É um direito seu.

4- Pague você mesma para os profissionais, procure não repassar o dinheiro para que o cerimonial (ou qualquer empresa) faça os pagamentos. Por mais confiança que se tenha no cerimonial, é o seu sonho que está em questão, então pague cada contrato pessoalmente.

5- Peça recibos imediatamente após o pagamento, com a assinatura do profissional.

6- Estabeleça nos contratos os prazos para a entrega dos produtos e dos serviços e estipule multas caso não sejam cumpridos.

Seguindo todas estas dicas você irá se sentir mais segura e tranquila em relação aos profissionais.

Às vezes imprevistos acontecem, não sendo possível ter 100% de certeza de que tudo sairá perfeito. Mas colocando em ação todas as dicas mencionadas acima e fazendo um contrato bem feito, você irá diminuir consideravelmente as chances de ter o seu sonho destruído, irá evitar grandes problemas, aborrecimentos e stress, além de garantir os seus direitos e a punição dos profissionais que agirem de forma errada com você.


Agora espero o seu comentário me dizendo o que achou do post. Ele te ajudou?

É o seu comentário que me faz  escrever cada dia mais conteúdos relevantes para te ajudar.

abraço, até o próximo post!!

Postagens mais visitadas deste blog

Roteiro para casamento evangélico, na igreja

Vestidos de Noiva para Noivas Evangélicas

Dicas de roupas para casamento no inverno